Vovô Fumaça

Vovô foi sempre um sujeito muito interessante de se botar reparo. Talvez por seu estereótipo fácil de avô calças de pregas xadrezes boina orelhas narizes e lábios grandissíssimos. Um copo de vinho na hora do almoço uma soneca no quarto dos fundos passeios na horta um banco e um jeito bom de olhar para  a criançada no pátio. Netos, bisnetos, filhos e filhas, família grande mineira alocada em São Paulo desde os anos 70. Falava baixo lento embolado. Como meu pai fala como falam meu tio e outro tio e uma tia também. Ria fechando os olhinhos ria pouco como se soubesse que bastava a si e aos outros o semblante digno de gente humilde e feliz na maioria das vezes. Muito para além do vinho das calças e boinas, vovô tinha cheiro de fumo de rolo. Era como se o cheiro de fumo de rolo o definisse, vovô em estado puro distante de qualquer similaridade. As mãos toscas de roça e seus dedos largos carne dura calos manipulavam o canivete lentamente e com precisão absurda e paciente. Após almoço subia um lance curto de escadas – que ficava na sala de jantar lado oposto ao da cabeceira de vovô – sentava-se na cadeira de madeira abria a gaveta do armário que servia de mesa tirava palha e saquinho de plástico com o fumo – cobras negras e magras. Do bolso tirava a embalagem que abrigava o canivete e punha-se à tarefa diária que o tornava o único a ter a presença marcada tão fortemente por um odor nada aprazível e ainda assim delirantemente delicioso. Demoraria o quanto fosse para fazer o cigarro ideal mais um cigarro cuidadosamente elaborado amigo fiel e constante da digestão embalada com vinho tinto de todos os dias e de todas as horas de todas as memórias. Descia para cumprir as horas que ainda cabiam no relógio de parede para voltar quando a tarde já dava sinal de envelhecimento. Outro cigarro era embalado em palha outro tempo se abria outra forma de passagem da vida vinha. Madrugada, a casa dormindo em silêncio, tudo imóvel a não ser pelo ar quente saído indefinidamente do quartinho do segundo piso que dava para o lance das escadas da sala de jantar. O cheiro dele, presença sólida, estado puro, protegia contra insetos pesadelos ideias de morte.

Anúncios

5 comentários sobre “Vovô Fumaça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s