Credelevê

vez ou outra, vê-se

afasto de mim o texto;

como que para tomar um ar como que para ser boa como que para ceder às palavras a sensação de serem

fora do papel.

e chega o quando não é mais possível negar o sentido, crê

escrever para aprisionar prender amarrar sufocar virgular paragrafear ritmar até

isso é aquilo

dissolver

para o voo depois  de

isso pode ser aquilo

e as vezes nem é.

Anúncios

3 comentários sobre “Credelevê

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s